Como Nasceu Nosso Planeta

A SÉRIE

Depois do seu grande sucesso, o especial de duas horas “Como Nasceu Nosso Planeta” se transforma em série para fazer com a geologia o que a série “O Universo” faz com a astronomia.

Esta nova série viaja a mais de 4.5 bilhões de anos atrás para descobrir o que há por trás de rochas, oceanos, montanhas e vulcões. O History investiga as fascinantes formações geológicas que revelam o passado de nosso planeta.

Cada episódio é centrado em um momento decisivo da história da Terra.


 

EPISÓDIOS


O MONTE SANTA HELENA

 

Este vulcão ativo, que acreditava-se estar adormecido, surpreendeu a América quando de repente entrou em erupção. Quando ele voltará a explodir?

 


A Erupção mais Letal da Terra

 

Na remota Sibéria, enterrada sob a neve, estão as evidências de uma das maiores catástrofes da Terra. Há 250 milhões de anos, uma grande quantidade de lava foi lançada à superfície. O seu volume foi tanto que poderia ter coberto completamente o estado do Texas. Após esta catástrofe, o ciclo terrestre continuou, abrindo o caminho para a próxima fase do planeta: a era dos dinossauros.

 

 


O Vale da Morte

 

Não é apenas um lugar com um esplendor natural, mas também um tesouro arqueológico. Conheça o “Vale da Morte”.

 


O Ouro Americano

 

O ouro data da época da explosão de uma supernova que deu origem ao nosso sistema solar. A terra foi criada com uma pequena percentagem de átomos de ouro e os processos geológicos os concentraram em vários cantos do mundo. O melhor ouro pode ser encontrado em rochas antigas da África do Sul, onde estão as minas mais profundas do mundo. Em outras regiões, pode-se coletar ouro de rochas sedimentares mais jovens que resultam das erosões de rochas mais antigas.

 


Vale Yosemite

 

A Serra Nevada, a mais alta cadeia de montanhas da América do Norte, contém uma das mais impressionantes características geológicas do planeta: o Vale de Yosemite. Paredes de granito de 914 metros e uma das rochas mais duras da terra, é o lar do poderoso e icônico vale Half Dome. Mas este vale extraordinário tem sido objeto de controvérsia por mais de 100 anos. Ele teria sido esculpido por geleiras gigantescas ou pelo deslocamento cataclísmico da terra?
 

 


O Lugar mais Profundo da Terra

 

A Fossa das Marianas é o lugar mais profundo do mundo. É mais profundo do que o Monte Everest é alto. Esta fossa é onde o leito do oceano desaparece em direção ao centro da Terra. A pressão a esta profundidade é 17 vezes maior que a necessária para destruir um submarino nuclear e somente dois homens foram até esta fossa, menos do que os que foram à Lua. Prepare-se para descobrir as arriscadas missões que mostrarão este impressionante monumento natural.

 

 


Everest

 

O Monte Everest é a maior e mais alta montanha da Terra e está situado na Cordilheira do Himalaia, que se formou quando a Índia colidiu com a Ásia, impulsionada por placas tectônicas. Está tão distante do nível do mar e, no entanto, suas camadas sedimentares ainda contêm fósseis de criaturas que viviam antes no leito do oceano.

 

 


Krakatoa

 

Em 1883 a erupção do vulcão Krakatoa causou uma explosão que foi ouvida a mais de 3.000 quilômetros de distância, e desencadeou um tsunami que acabou com mais de 36.000 pessoas. Como Nasceu Nosso Planeta explora desde o nascimento desse vulcão há mais de 2 milhões de anos até a explosão de 1883 que significou seu próprio fim. Mas novas evidências sugerem que essa explosão espetacular pode não ter sido a mais devastadora. Além do mais, vamos dar uma olhada no novo vulcão que está surgindo no mesmo local: o Anak Krakatau (Filho de Krakatoa). Será que estamos à beira de uma nova erupção?

 

 


A Era do Gelo Americana

 

Por que temos eras de gelo e quando será a próxima? Como a Terra gira ao redor do Sol em um determinado ângulo de rotação, as alterações de sua órbita são leves. Quando a oscilação da nossa rotação coincidir com sua órbita precisa, a Terra voltará a entrar em uma era de gelo, mas talvez isto só aconteça daqui a milhares de anos.

 


As Rochosas

 

Do Alasca ao Novo México, as Montanhas Rochosas formam uma das maiores cordilheiras do mundo, criada pelas forças tectônicas da placa do Pacífico que foram empurrando o continente americano, ao redor de 2,54 centímetros por ano. Este processo continua aumentando e a crosta continental resultante destas formações é jovem em termos geológicos: quando os dinossauros começaram a surgir na Terra, ainda não tinha começado a se formar.
 

 


O Círculo de Fogo

 

A única função linear mais longa no planeta Terra é um círculo de fogo que circunda quase todo o Pacífico através de um anel de vulcões ativos, que vai desde o norte da Nova Zelândia, passa através dos mares do sul da China, Japão, Kamchatka, as ilhas Aleutas, e segue para baixo através dos Andes. Ele tem cerca de 42.000 quilômetros de comprimento e é uma das visões mais impressionantes da Terra.

 


Asteroides

 

Estas rochas gigantes trouxeram morte e destruição durante milênios, mas também deixaram grandes riquezas e, talvez, o dom da Vida. Focamos na história do mistério geológico que finalmente convenceu aos cientistas de que dois lugares muito diferentes - uma cratera no deserto do Arizona e uma gigantesca mina de níquel no Canadá - foram formados pela queda em massa de meteoros, o que levou os especialistas a uma conclusão: que os impactos de meteoros desempenharam um papel mais importante na formação da Terra do que jamais se imaginou.

 

 


O Vesúvio

 

O Vesúvio é o vulcão mais perigoso do mundo, ameaçando a três milhões de pessoas. Foi responsável pelo maior desastre natural da história antiga: a destruição da cidade romana de Pompeia. Hoje, a região do Vesúvio é a mais populosa do mundo. Estudos científicos recentes mostram que ele é capaz de uma erupção maior do que se pensava e, escondido em suas entranhas, há uma imensa câmara de magma e rocha quente pronta para irromper.

 


O Deserto do Saara

 

O Deserto africano do Saara é do tamanho dos Estados Unidos, o que o torna o maior deserto do mundo, além de ser o lugar mais quente na Terra. Mas agora, uma série de descobertas geológicas revela que ali se esconde um passado muito diferente.
 

 


Grand Canyon

 

O Grand Canyon tem aproximadamente 300 quilômetros de comprimento e pouco mais de um quilômetro de profundidade. Na verdade, poderia se colocar quatro réplicas de tamanho natural do edifício Empire State uma sobre a outra, e ainda assim não se chegaria ao seu tamanho. Uma maravilha da natureza, formado por sedimentos transportados pelo rio Colorado para as Montanhas Rochosas, e que praticamente “cavaram” as rochas até formá-lo.

 


O Nascimento da Terra

 

Há quatro e meio bilhões de anos, a Terra foi se formando a partir da poeira de estrelas até se transformar em uma bola de rocha em órbita ao redor do Sol. Viajaremos através do tempo para investigar como este planeta emergente sobreviveu a uma colisão cósmica com outro mundo, como a rocha derretida se solidificou até formar a terra, como nossos oceanos se encheram de água e como a vida teve início.

 

 


Havaí

 

O Havaí é constituído pela cadeia de ilhas mais isoladas do planeta. Elas emergem do centro do Oceano Pacífico e sua origem sempre foi um mistério. Como Nasceu nosso Planeta explora a criação destas belas porém violentas ilhas. Uma história de vulcões, deslizamentos de terras, mega-tsunamis e forças estranhas que emergem das profundezas do planeta.

 

 


Islândia

 

A Islândia é a maior e mais perigosa ilha vulcânica do mundo. Iremos até suas remotas paragens para investigar quais são as forças que estão separando esta ilha. As erupções vulcânicas criam novas ilhas quando a lava seca, mas mesmo assim as paisagens da Islândia estão cobertas de gelo. Um autêntico confronto entre os elementos da natureza, o fogo e o gelo, que travam uma batalha pelo controle da ilha.

 

 


Yellowstone

 

O Parque Nacional Yellowstone dos Estados Unidos tem uma das composições geológicas mais perigosas da terra. Investigações recentes sugerem que o Yellowstone é na verdade um supervulcão que se ativa em ciclos de 600.000 anos. Ainda que sua última erupção tenha sido há 640.000 anos, cerca de 500 terremotos atingiram a área no começo de 2009. Seriam esses os primeiros indícios de atividade vulcânica?

 


Os Grandes Lagos

 

Os Grandes Lagos da América do Norte são as maiores extensões de água doce do mundo. Buscando pistas sobre sua formação, os geólogos submergem em uma mina de sal subterrânea, investigam um recife de corais fossilizado e mergulham no fundo do Lago Superior. Logo descobrirão o passado desses lagos como um mar tropical, cuja evolução continua até os dias de hoje.

 


Os Alpes

 

Os Alpes são a espinha dorsal da Europa, atravessando sete países e fornecendo água a milhões; eles são provavelmente o monumento natural mais importante do velho continente. Seria possível encontrar fósseis marinhos a mais de 2 mil metros de altura? As tentativas de se aprofundar na origem dos Alpes remontam a Leonardo Da Vinci, mas nossos Geólogos descobrem não só a historia, mas também o futuro dessa formação: os Alpes estão desaparecendo.

 

 


Tsunami

 

Os tsunamis são uma das forças naturais mais aterrorizantes, destruindo tudo que está em seu caminho. O Tsunami do sudeste asiático desencadeou uma energia equivalente a 23.000 bombas atômicas como a utilizada em Hiroshima. Que forças geram essas ondas catastróficas nas profundidades do oceano?

 

 


Nova York

 

Nova Iorque é uma cidade construída pelo homem, mas foram as particularidades de seu terreno que permitiram a convivência de seus arranha-céus com uma baía. Os grandes edifícios foram construídos em granito sólido, enquanto os edifícios menores estão sobre um solo mais suave da Era do Gelo. Neste episódio de Como Nasceu Nosso Planeta, veremoscomo a América e a África foram vizinhas há 250 milhões de anos.

 

 


Lago Ness

 

O Lago Ness, lar do mítico monstro, é o lago com maior quantidade de água de toda a Grã-Bretanha. Tem apenas 10.000 anos de idade, mas sua formação levou bilhões de anos. Como Nasceu Nosso Planeta mostra como se formou esse extraordinário monumento natural: desde a rocha no Norte da Escócia há mais de três bilhões de anos até as geleiras gigantes que deram forma ao lago.

 

 


Falha de San Andreas

 

A falha de San Andreas abrange mais de mil quilômetros através de algumas das propriedades mais caras do mundo. A seção sul não sofreu nenhum movimento importante nos últimos 300 anos, mas espera-se um "grande" em breve. Descubra a falha mais famosa do mundo, e a geologia que lhe dá todo o poder destrutivo que os cientistas preveem

 


O Lugar Mais Seco Do Planeta

 

O deserto de Atacama é considerado o local mais árido do mundo, já que em mais de 150 milhões de anos de existência, algumas de suas áreas nunca receberam chuva. O solo é tão seco que foi inclusive utilizado como base de testes para os veículos que seriam usados em Marte. Embora se pensasse que não abrigava nenhum tipo de vida, novos tipos de bactérias descobertas no local podem dar pistas sobre possível vida bacteriana em Marte. Atacama pode ainda revelar muitos mistérios de como a vida floresce em lugares áridos.

 


O SAARA

 

O Deserto africano do Saara é do tamanho dos Estados Unidos, o que o torna o maior deserto do mundo, além de ser o lugar mais quente na Terra. Mas agora, uma série de descobertas geológicas revela que ali se esconde um passado muito diferente.

 

 

TRANSMISSÕES

Não há transmissões programadas
 

ESTA NOITE

VOCÊ ESTÁ ASSISTINDO

5000 A.C - 1000 A.C
999 A.C - 500 D.C
501 D.C - 1450 D.C
1451 D.C - 1780 D.C
1781 D.C - 1900 D.C
1901 D.C - 1950 D.C
1951 D.C - Atualidade