Todos os horários

Hoje na história

05.Dic.2016

A poesia e a literatura se despedem de Ferreira Gullar

No dia 4 de dezembro de 2016 morreu, aos 86 anos, no Rio de Janeiro, o escritor e poeta Ferreira Gullar, pseudônimo de José Ribamar Ferreira. Ele não resistiu aos vários problemas respiratórios que vinha sofrendo, que culminaram em uma pneumonia. 

 

Nascido em São Luís (MA), no dia 10 de setembro de 1930, Ferreira Gullar foi um dos fundadores do neoconcretismo e também ocupava a cadeira 37 da Academia Brasileira de Letras - deixada por Ivan Junqueira - desde 5 de dezembro de 2014.

 

Ferreira Gullar militou no Partido Comunista Brasileiro e, durante o regime militar no Brasil, morou no exílio na União Soviética, Argentina e Chile. 

 

Foi considerado pela Revista Época um dos 100 brasileiros mais influentes de 2009. Também foi agraciado com o Prêmio Camões em 2010. No ano seguinte, recebeu o Prêmio Jabuti pelo livro de poesia "Em Alguma Parte Alguma", considerado "O Livro do Ano" de ficção.

 

 


Imagem: TV Brasil Memórias/Arquivo via Agência Brasil