Todos os horários
ESPAÇO

General americano diz que guerras no espaço estão próximas de acontecer

Em breve, guerras espaciais podem deixar de ser eventos exclusivos da ficção científica. De acordo com David L Goldfein, general do exército norte-americano, conflitos a partir do espaço devem ocorrer "em questão de anos".

Vídeo relacionado:

Segundo Goldfein, para garantir seu domínio geopolítico, os Estados Unidos devem estabelecer uma presença militar no espaço. “Já é tempo de encamparmos a supremacia espacial com a mesma força com a qual já dominamos hoje o espaço aéreo", disse ele durante um simpósio sobre tecnologia bélica na Flórida.

Em 2017, as forças armadas americanas estudaram a criação das Forças Espaciais, uma nova unidade da Força Aérea com o objetivo de estabelecer a presença militar no espaço. A ideia inicial foi recusada, mas especialistas acreditam que a iniciativa não esteja totalmente descartada.

A militarização do espaço era um tema recorrente durante a Guerra Fria entre os Estados Unidos e a União Soviética. Desde que o conflito chegou ao fim, a ideia arrefeceu. Mas agora, com o acirramento de disputas entre os EUA e países como a Coreia do Norte, China e Rússia, tudo indica que esses planos estão sendo retomados.

Recentemente a China propôs a criação de um satélite capaz de atirar raios laser. A ideia original seria remover lixo espacial, mas o equipamento também seria capaz de atingir mísseis inimigos. "Se pensarmos no quanto os militares americanos são dependentes de satélites, já estamos combatendo no espaço, mesmo que não seja como nos filmes", disse o cientista político Peter W. Singer. Para preparar os EUA para esta nova realidade, o general Goldfein disse que o país precisa investir em novas tecnologias e no treinamento de uma nova geração de líderes.

Fonte: IFLScience

Imagem: Sasa Kadrijevic/Shutterstock.com