Agora
O SÓCIO
15H00
O SÓCIO
16H00
O SÓCIO
Todos os horários
INOVAÇÃO

Inteligência artificial apresenta atividade similar à do cérebro

Uma pesquisa inglesa concluiu que a Inteligência Artificial se comporta de forma semelhante ao cérebro humano. De acordo com os cientistas, os componentes eletrônicos apresentam um padrão de atividade bastante similar ao dos nossos neurônios.

Vídeo relacionado:

Os resultados da pesquisa, conduzida pela University College London e pela empresa DeepMind (que pertence ao Google), servirão para entender melhor os mecanismos de funcionamento tanto da inteligência artificial quanto da biológica. "Faz sentido buscar inspiração na neurociência como fonte para novos tipos de algoritmos de IA", disse Demis Hassabis, presidente da DeepMind.

A base do projeto foram as chamadas células de grade, que funcionam como uma espécie de "GPS cerebral". Essas células geram um sistema de coordenadas no cérebro, semelhantes a grades hexagonais em um mapa, responsáveis pela nossa localização e navegação. A pesquisa buscou investigar as funções computacionais das células de grade, para descobrir como elas permitem com que o cérebro calcule a distância e a direção até um destino, o que permanece um mistério para a ciência. 

Usando uma técnica de IA chamada reforço profundo de aprendizagem, os pesquisadores construíram uma rede de computadores que simulava os movimentos de roedores em um labirinto. Foi quando eles observaram que padrões de atividades muito parecidos com os de células de grade biológica surgiram espontaneamente na rede.


 Fonte: Financial Times 

Imagem: Shutterstock.com