Agora
A IGREJA OCULTA
07H30
O SÓCIO
08H15
O SÓCIO
Todos os horários
MUNDO MEDIEVAL

Manuscrito em língua desconhecida pode ser decifrado com inteligência artificial

O Manuscrito Voynich intrigou criptógrafos e amantes do mistério por séculos. Trata-se de um livro de 240 páginas escrito no século XV, conforme revelaram os testes de carbono, em um idioma totalmente desconhecido. Apesar das inúmeras tentativas de tradução, ninguém havia sido capaz de decifrá-lo, até que, recentemente, cientistas da Universidade de Alberta, no Canadá, utilizaram inteligência artificial para essa finalidade.

Vídeo relacionado:

Graças a um algoritmo de tradução e à utilização do popular sistema Google Tradutor, os pesquisadores foram capazes de decifrar algumas passagens do misterioso manuscrito, gravadas em um código baseado no hebraico antigo.

Desse modo, foi possível traduzir partes de um capítulo dedicado à botânica, no qual aparecem palavras como fazendeiro, luz, ar e erva.

Embora ainda falte algum tempo para que esse livro revele todos os seus mistérios, os cientistas se mostraram bastante entusiasmados com suas conquistas e acreditam que poderão, nos próximos anos, decifrar grande parte do seu conteúdo.

Fonte: Science Alert

Imagem: Beinecke Rare Book & Manuscript Library, Yale University/Wikimedia Commons