Todos os horários

Intervenção no Rio de Janeiro: por que agora?

Cristiano Jorge Santos é Segundo Tenente da Cavalaria do Exército e Promotor de Justiça do Estado de São Paulo.

Segundo ele a Intervenção Federal se fazia necessária no estado do Rio devida a sutuação crítica em que se encontra a segurança da população. No entanto, ele ressalta que uma coisa é a Intervenção Federeal e outra é o eventual uso político que pode ser feito dela. E que de nada adiantará a intervenção sem que sejam tomadas medidas concretas de políticas na segurança pública e em áreas como educação e saúde para que os direitos constitucionais sejam garantidos em igualdade a todos os brasileiros.